Página Inicial |E-mail |Feed |Twitter |Facebook |Google+

sábado, 8 de outubro de 2011

Proibida a propaganda de "Bolinhas Explosivas"

Desculpem o sumiço, falta de tempo... sabem como é, né? Mas o assunto de hoje é sério.

Vocês confiam nesses cosméticos eróticos que são vendidos (aos montes) por aí? Já repararam na ausência de informações nas embalagens? Isso se dá pela falta de regulamentação dos produtos eróticos. Acabam todos sendo classificados simplesmente como cremes (óleos, géis) para massagem. 
A primeira implicação é a inexistência de informações claras sobre como usar e sobre os resultados esperados. A segunda, muito mais grave, é que não existe controle sobre sua composição química, seus efeitos e se podem causar algum dano à saúde.

A ANVISA, numa resolução que eu não sei bem a solução que busca, proibiu a propaganda das bolinhas explosivas em todo território nacional. Veja o texto da resolução:

Resolução ANVISA nº 3.161, de 18/07/2011, Artigo 1º "Determina, como medida de interesse sanitário, a suspensão, em todo território nacional, de todas as propagandas dos produtos Bolinhas Explosivas, pelo fato de apresentarem finalidade de lubrificação vaginal sem que possuam o devido registro junto à ANVISA. Despacho da Gerência-Geral de Monitoramento e Fiscalização de Propaganda, de Publicidade, de Promoção e de Informação de Produtos Sujeitos à Vigilância Saniária."

Vocês conseguem entender? O produto é registrado na ANVISA como "sei lá o que", quando, de fato é usado como lubrificante vaginal. E o que a ANVISA faz? Proíbe a propaganda do produto e joga para o consumidor a responsabilidade que por princípio é deles. Muito eficaz...

O que vocês acham?

O tema já foi abordado aqui em "Sobre nossos brinquedinhos". Leia lá também.

beijo rouge

8 comentários:

Mouzdox disse...

É típico do governo. Lavar as mãos...

Anônimo disse...

é realmente perigoso.... ja pensou explodir a xavasca da mulher???? voar pelego pra tudo quanto é lado??? realmente perigoso... devia ser proibido mesmo esse arsenal que se cair em mãos malignas...

Gelano. disse...

Rsrs, não tem risco de explodir a xavasca de ninguém, pode sim haver algum problema com relação as substâncias quimicas contidas na bolinha pra dar o cheiro e as sensações extras. Mas não concordo com proibir.

Anônimo disse...

"explodir a xavasca..."
que animal... deve ser virgem esse asno

Anônimo disse...

Infelizmente ja fiz uso deste tipo de produto e a experiencia nao foi a das melhores !
Eu acabei ficando com infecção ..

Anônimo disse...

Na verdade as "bolinhas explosivas" não foram fabricadas para esse tipo de uso, mas, como descobriu-se que elas vendem mais dizendo que é para se usar dessa forma, foi adotada essa prática. As bolinhas são aromatizantes para se usar numa banheira por exemplo. A causa da infecção como foi citado acima podem não ser das bolinhas.

Pop Blogs disse...

Muito interessante esta postagem!

A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo.

Conheça também o novo agregador Pop Blogs que está bombando na internet: http://www.popblogs.net

Divulgue quantas postagens você quiser (não há limites), sem fila de espera, tenha seus links divulgados em nosso site e aumente muito mais suas visitas diárias e obtenha o sucesso de seu blog!

Anônimo disse...

minha namorada usou esta bolinha uma vez e disse que pra nunca mais, pois a mesma estourou e ficou uns restos dentro da vagina, este resto foi a capinha que envolve o óleo, e demorou muitos dias pro organismo expulsá-la pra fora.

Postar um comentário

Obrigada pela visita!