Página Inicial |E-mail |Feed |Twitter |Facebook |Google+

domingo, 27 de março de 2011

Como terminar um relacionamento

Um relacionamento longo tem suas vantagens: já nos sentimos a vontade um com o outro, as famílias se conhecem (e às vezes se toleram, rs), temos planos juntos (alguns até já concretizados), não precisamos mais ficar na neura da depilação e podemos fazer sexo sem ter que passar por todas as etapas da sedução.

Mas, e quando já não curtimos mais estar com o outro? Quando já não acreditamos no amor que sentimos e sonhamos com os dias de solteirice? Ou ainda quando nos encantamos por outra pessoa e queremos dar asas às novas possibilidades? Só nos resta passar algumas páginas a limpo e pôr um ponto final na história que, pode ter sido muito bonita mas acabou.

E é aí que os problemas começam. Principalmente quando ainda temos algum carinho pelo outro.
Invariavelmente vai ser dolorido para ambas as partes. E quase sempre será mais sofrido para quem entra com a bunda do que para quem entra com o pé. Não existe fórmula mágica, contudo, todavia, entretanto, existem algumas delicadezas que devem ser observadas se não temos o objetivo de ferir o outro.

A primeira de todas: Nada de email, msn, sms, telefone, sinal de fumaça... faça pessoalmente, num lugar tranquilo, para que não sejam interrompidos, e longe de datas festivas (Natal, ano novo, aniversário, muito menos naquela viagem de férias em família);

Não use clichês do tipo "o problema é comigo", "preciso de um tempo para mim". Seja sincero. Mas não vai exagerar e dizer que não suporta mais o chulé dela ou que o carinha que você conheceu ontem é mais gostoso que ele;

Se a reação for exagerada (choro, gritos e ranger de dentes) não reaja. Pode ser perigoso;

Não ceda (a não ser que você não queira terminar nada e esteja de sacanagem com o(a) pobre).

O mais importante é só tomar uma atitude se estiver certo do que quer. Se você quer só discutir a relação, discuta como gente grande. Converse sem chantagens. É insuportável aquele tipo de pessoa que por tudo diz que quer terminar.

Uma trilha romântica, própria para as noites de dor de cotovelo.



Ah, eu sou a favor da felicidade - SEMPRE




Então, o que outros cuidados vocês acham que devemos tomar ao terminar um relacionamento sério?

Beijo rouge

24 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Tive dois maridos. O primeiro acabou a relação comigo, com o segundo eu que acabei. Então sei que não existe nenhuma fórmula que faça isso ser menos dolorido. Suas dicas são boas, mas o sofrimento é inevitável. Sugiro que cada um siga sua intuição e use o bom senso.

Beijocas

roginho disse...

vou fazer um anuncio desses aqui na minha cidade,devolva minhas coisas, meu $$ q te emprestei(qase 1000$),minha aliança q vou derreter e fazer um pingente de ouro branco rsrsr

► JOTA ENE ◄ disse...

Os amores são muito complicados. Apenas direi que tudo é um ciclo e não há amores eternos. É saber aproveitar.

Lidia Ferreira disse...

Minha querida eu concordo com a Dama de cinzas , cada caso e um caso
bjs

Anderson Eliziario disse...

E Muitooo Complicadoooo!

meuslinks disse...

MeusLinks.com - Novo divulgador de links em fase de lançamento.
Cadastre seus links ou siga o twitter @meuslinkscom e concorra a um iPod Touch 4!
http://www.meuslinks.com

xan disse...

KKKKKKKKKKKKKKK euri da img, blog lgl!

olha o meu:
http://pig-big.blogspot.com/
http://pig-big.blogspot.com/
http://pig-big.blogspot.com/

xD!

Hedigar disse...

MUITO BOM O POST PARABÉNS!!!!!!

QUERIA CONVIDA-LO A DIVULGAR SEUS LINKS AQUI

HTTP://DONDRAS.BLOGSPOT.COM

E AUMENTE SUAS VISITAS!!!!!!!!!

fnx disse...

Parabéns, Muito Bom seu post.



Conheça a forma mais segura de rápida de ganhar dinheiro pela internet.
http://ptcptcptcptcptc.blogspot.com/

Anônimo disse...

Gente http://naoetaocomplicado.blogspot.com/

Ai nossa!! disse...

É dificil pras duas partes, mas com algumas experiencias aprendi que tem amores que naum devem ser vividos e muito menos revividos. Muitas e muitas vezes empurramos a relação com a barriga, adiando, aceitando, engulindo e esquecendo com o tempo o motivo pelo qual nos fez ficar juntos um dia. A minha dica é: Não empurrar com a barriga, não prolongar o sofrimento e ser sincero.

Eduardo MeMimo disse...

É triste , viva com amor.

Marcão disse...

deixa a mala pronta arruma a sua roupaaaaa
pode ir embora que eu arranjo outra!

agregador disse...

Conheça nosso siteDivulgue seus postAumente suas visitasAcesse: http://quanticalink.com

Anônimo disse...

inferno abissal...nao ha como medir a dor de terminar com um relacionamento que vc cultivou e viu crescer em seu peito dia apos dia como a coisa mais importante da sua existencia como algo facil ou positivo,sabe como vc pode fazer isso?
é simplesmente nao estar vivenciando isso,ter a ilusao e a babaquice de achar que isso nao é tao doloroso quanto parece.
acredite manow,pode ate parecer maduro e logico,mas sem hipocrisias,doi e nao é pouco,se acaha que nao doi,é pq vc nunca amou ninguem de verdade.
soh assiste as experiencias alheias e acha que sua postura distante te da o dever de mostrar pro mundo que as pessoas exageram quando se trata de amor.
cada um vive o momento que ele mesmo construiu,se for dificil,acredite,soh ele sabe...

Anônimo disse...

é isso mesmo!!!doi de mais
principalmete quando nao tem chanse de dizer que a ama e que esta arrependido,quando deus a leva e vc nao pode nem despedir-se dela,foi o que aconteceu comigo,e o pior ainda ta por vir a familia quer tomar tudo que vc e ela construiu e ai a vida parece que sai de orbita e vc começa a peder até a noção,o prazer de viver sem saber se viver é o que vc quer!!!

Rycuxo disse...

Eu queria muito namorar mais de 6 meses hauhau
Um dia supero essa marca.
=)
Bjus anju , mais um excelente post.

Anônimo disse...

ei to nessa tbem,ela nem quer ver pessoalmente
ternimo pelo msn foda

Anônimo disse...

Situação complicada quando já não existe amor de uma parte...enquanto a outra faz questão de frisar todos os dias que te ama...e ai?? o que fazer??Empurrar com a barriga ou tomar um porre e ter a coragem de dizer que o amor acabou?Na prática não é tão simples assim,não se trata de fraquesa,mas de compaixão que no final vai acabar dando merda e um vai acabar ferindo o outro mesmo sem intenção.Mas que é complicado é!

Cincinato 21 disse...

Só digo uma coisa para essa louca que fez o outdor

Tá, senta ali no canto!

Kel disse...

Nossa, complicado demais isso.
Teminos nunca são fáceis, nao importa como seja feito sempre terá uma ferida.

Importante é saber como seguir em frente depois...

Anônimo disse...

a dor da rejeição equivale a uma queimadura...
isso eh comprovação científica...as duas dores atuam no mesmo compo cerebral,estudo isso...
portando ,a dor eh grande,infelizmente!

luisa dizioli

Celamar Maione disse...

Dani,
parabéns pela música . Adoro.

Só existe uma saída quando não queremos mais : Terminar. É horrível estar com alguém quando não sentimos mais nada. Termino sem dor na consciência.

Beijos

Anônimo disse...

Terminar nunca é façil..mais é mais dificiul terminar quando se quer amar..mas acima de tudo temos que amar nois mesmo...

bjs

Postar um comentário

Obrigada pela visita!